Publicado Jan 24, 2018

Uma espessa camada de espuma branca, com cerca de um metro de altura, foi detetada na manhã desta quarta-feira, no leito do rio Tejo, junto ao açude de Abrantes. É mais um relato de poluição daquele curso, mas, segundo a proTEJO, será "um dos piores cenários" registados nos últimos anos.





Mais Lidas





Please publish modules in offcanvas position.